PPrincipal

Área de concentração

De Programa de Pós Graduação em Administração

Gestão Social e Ambiental

No plano da educação superior e da ciência e tecnologia, as questões sociais e ambientais tem despertado interesse desde o início da década 60 do século passado, com várias áreas do conhecimento se debruçado sobre os temas, explorando aspectos tecnológicos, comportamentais, de planejamento, de gestão e de educação associados a questões variadas, tais como: questões vinculadas ao bem-estar social, a exemplo da melhoria dos padrões de vida (renda, consumo e riqueza), da participação política e governança, e das conexões e relações sociais; das questões ambientais, relacionadas ao planejamento e uso de recursos naturais, descarte de resíduos, uso e ocupação do solo, eficiência energética, gestão sustentável, entre tantos outros aspectos amplos e específicos que passaram a fazer parte das agendas de pesquisa tanto dos órgãos de fomento, como de universidades e institutos de pesquisa.

Conforme apregoam vários autores que exploram as questões ambientais no atual contexto trata-se muito mais de uma problemática eminentemente social, que foi gerada e está envolvida por um conjunto de processos sociais, na qual é preciso propor e normatizar um conjunto de processos de produção e de consumo que, sujeitos a racionalidade econômica e a lógica do mercado, degradam o ambiente e a qualidade de vida. Nesse sentido, os problemas socioambientais só existem em decorrência das formas de apropriações do mundo e da natureza a partir das relações sociais e de poder, que se materializam por meio da economia, da política, da ciência, da tecnologia, contextos históricos e culturais, etc. O desafio da atualidade está em compreender a complexidade embutida na dinâmica dos sistemas socioambientais e das suas diversas formas de articulações com outros fenômenos sociais e ambientais.

Nessa perspectiva, a pesquisa sobre a problemática socioambiental diz respeito, fundamentalmente, ao reconhecimento da relação de interdependência entre sociedade e natureza o que requer um enfoque interdisciplinar do relacionamento e da interdependência entre seres humanos e a natureza. Os problemas ambientais emergem a partir da interação de processos sociais e ecológicos, podendo ser examinados dentro de um contexto de parâmetros sociais e ambientais, assim como, espaciais e temporais. Dentro da discussão do papel das Universidades na promoção e no desenvolvimento de temas socioambientais, surgem várias perspectivas que envolvem sua própria missão:

  • Ampliar a oferta acadêmica dirigida para a formação de profissionais com perfis para

colocar em prática na sua vida profissional aspectos relacionados às questões sociais e

ambientais na perspectiva de suas contribuições para um desenvolvimento mais sustentável;

  • Desenvolver projetos de pesquisa que abordem temas relacionados à

sustentabilidade;

  • Promover atividades de pesquisa e extensão que trabalhem os temas junto à

comunidade, ao governo e ao setor empresarial e;

  • Repensar currículos que incorporem interfaces das dimensões da gestão

socioambiental.